Existem formas de armazenar a cannabis que garantem a qualidade da erva por mais tempo – até mesmo o prensado!

(Imagem por Jeff W | Unsplash)

Armazenamento x qualidade da erva

A umidade é a maior ameaça à vida útil da cannabis. Principalmente porque a maconha quando está úmida não carbura.

Além disso, a cannabis excessivamente úmida pode ter sérias consequências para a saúde, principalmente por estimular o crescimento de mofo e bolor. Isso acontece quando a umidade dos buds estão acima de 65%.

No caso do prensado, por exemplo, muitas vezes ele já vem com mofo. Em todos os casos, o ideal é lavá-lo e esperar ele secar completamente.

No caso das flores, idealmente, o processo de secagem desidrata a cannabis até que tenha um teor de umidade inferior a 15%, e o processo de cura é onde a umidade restante é removida lentamente para reter os óleos voláteis.

Porém, se os buds perderem muita umidade, isso altera as propriedades da maconha, as flores ficam quebradiças e perdem terpenos, afetando a potência e o sabor.

Por isso, o ideal é que a cannabis passe pelo processo de secagem e cura adequados.

Quando a cannabis é curada adequadamente, ela permite que a umidade presa dentro do botão se dissipe lentamente da flor sem danificar os canabinóides e terpenos. Uma vez que a flor tenha o teor de umidade perfeito (tipicamente entre 6% e 9%), ela é colocada em uma embalagem da qual o excesso de oxigênio foi removido. Quando você leva para casa, é importante tentar manter esse equilíbrio.

Infelizmente, quando falamos de prensado, esses processos não são feitos da forma adequada. A cannabis é prensada ainda úmida, o que leva ao desenvolvimento de mofo e apodrecimento, criando a amônia. Mesmo assim, como mencionado, o indicado é sempre lavar o prensado, esperar secar completamente e armazenar de forma adequada.

Assim, o armazenamento ideal envolve umidade, luz, temperatura e oxigênio. Se a temperatura e incidência de luz forem altas, a umidade também aumentará.

Temperatura de armazenamento

A temperatura ideal para armazenar sua erva é em torno de 21° Celsius (70° Fahrenheit), porque altas temperaturas combinadas com alta umidade relativa podem levar a mofo e bolor – os inimigos da qualidade da erva.

Altas temperaturas também podem secar a flor e evaporar terpenos sensíveis.

Conclusão: Armazene sua erva em um local fresco.

Luz e oxigênio

Deixar a maconha exposta à luz é a maneira mais rápida de envelhecê-la.

Um estudo antigo publicado na revista Pharmacy and Pharmacology explorou o que acontece com a estabilidade da cannabis sob várias condições. Foi concluído que a luz é a maior contribuinte para a perda e deterioração dos canabinóides e sugeriu que “os extratos ou ervas de cannabis ou resina cuidadosamente preparados são razoavelmente estáveis ​​por 1 a 2 anos se armazenados no escuro à temperatura ambiente”.

A luz ultravioleta (UV) degrada a maconha.

Portanto, mesmo que geralmente sejam usados potes de vidro, eles não protegem a erva da mesma forma que um recipiente opaco. Isso serve para o prensado também!

A exposição prolongada à luz e ao ar gradualmente converterá o THCA em THC e o THC em CBN, ou seja, ”degrada” o THC e não vai oferecer os efeitos que você busca na flor.

Além de desempenhar um papel na conversão de canabinóides, o oxigênio também pode oxidar terpenos essenciais e afetar o aroma e sabor.

Conclusão: Para reduzir a exposição ao ar, certifique-se de sempre armazenar sua erva em um recipiente hermético. Não use recipientes muito grandes para armazenar pequenas quantidades de erva, pois isso deixa muito ar dentro do recipiente com sua erva. Além disso, opte por recipientes herméticos com cores escuras/opacas, que vão filtrar os raios UV e impedir a incidência de muita luz.

Melhor forma de armazenar

Geralmente, costumamos armazenar as flores e até mesmo o prensado de forma que a erva receba muita luz, oxigênio e alta temperatura. Isso degrada ainda mais as propriedades da maconha.

Portanto, com base nas informações acima, a melhor forma de armazenar a cannabis é em local fresco, protegido da luz, em um recipiente hermético (que evita a entrada de oxigênio).

Quando armazenada adequadamente, a maconha pode se manter fresca, com suas propriedades e boa qualidade por até 2 anos (no caso das flores). Mas, no caso do prensado, armazenar da maneira correta também ajuda – ainda que a qualidade não seja das melhores.

Se o prensado estiver muito seco, principalmente depois de lavar e deixar secar completamente, você pode adicionar uma casca de limão ou até mesmo de laranja no recipiente que você estiver guardando a erva para melhorar o aroma, sabor e também aumentar um pouco a umidade.

Muitas pessoas costumam comprar várias gramas de flor ou prensado de uma vez só, e para armazenar por bastante tempo, existe a prática de congelar a erva.

Essa prática é até recomendada em áreas quentes e úmidas, como Brasil. Porém, é importante ressaltar que a cannabis vai perder seu frescor e até mesmo a qualidade. E mesmo ao congelar, é bom seguir as recomendações de armazenamento acima.

Portanto, de forma geral, armazenar seu estoque em um recipiente opaco e selado em um local relativamente fresco e escuro com luz solar mínima é, sem dúvida, a melhor forma para armazenamento de longo prazo com degradação mínima.

Fonte: Weedmaps

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.