Ao cultivar cannabis, você tem dois caminhos para escolher: usar sementes ou clones.

Entenda os prós e contras de cada um.

Dragonfly-Earth-Medicine_grow
(Imagem: Dragonfly Earth Medicine)

Cultivadores podem iniciar um cultivo de duas maneiras: é possível germinar sementes ou tirar mudas de uma planta mãe.

Ambos os métodos produzem o mesmo resultado final – buds ricos em canabinóides –, mas seguem caminhos diferentes para chegar lá.

Alguns produtores preferem a velocidade dos clones, enquanto outros preferem ir do início ao fim, optando pelas sementes.

Seja você [email protected] [email protected] [email protected] ou [email protected] [email protected] experiente, é interessante aprender sobre as duas técnicas para que você possa maximizar os resultados.

Clones

Para clonar uma planta de maconha, é necessário a planta mãe.

Para conseguir os clones, você precisará tirar uma ”muda” da planta mãe em estado vegetativo e depois deverá enraizar essa parte retirada em um novo solo ou em meio hidropônico.

Como o nome sugere, um clone fornece uma cópia genética exata da planta mãe, ou seja, você vai obter plantas com as mesmas características.

Vantagens

  • Como os clones são cópias exatas da planta mãe, você tem certeza que o clone será fêmea e produzirá belos buds. Com isso, você não corre o risco de germinar uma planta masculina, hermafrodita ou de sementes feminizadas produzirem um macho (sim, isso pode acontecer, mesmo que as chances sejam mínimas).
  • Com clones, você não precisa esperar que uma semente germine e cresça em uma muda de tamanho razoável. Você pula completamente essa fase! Simplesmente enraíze seu corte e você terá uma planta instantaneamente pronta para crescer.
  • Como cópias genéticas exatas, os clones carregam todas as características da planta mãe, incluindo tamanho, sabor, propriedades e produtividade, portanto, você sabe exatamente o que esperar. As sementes podem diferir ligeiramente da sua variedade padrão, devido a fatores genéticos e ambientais.

Desvantagens

  • A principal desvantagem é: conseguir os clones. Afinal, se você está iniciando o cultivo, conseguir uma planta mãe para extrair o clone só será possível se alguém que você conhece já cultive. Mas se você já tem plantas de maconha, fica mais fácil.
  • Os clones são delicados e podem ser mais difíceis de manusear. É preciso ter cuidado para não matar seus clones antes de criarem raízes. A atenção tem que ser dobrada, são necessários níveis de umidade e temperatura adequados e constantes.
  • As plantas-mãe passam tudo para seus clones, incluindo as partes negativas. Ou seja, a planta mãe pode ter um problema ou falha genética que você só descobrirá depois do cultivo completo – e depois que já tiver os clones.

Sementes

Algumas/alguns growers veem o cultivo a partir das sementes como a maneira “pura” de cultivar maconha.

Verdade ou não, com certeza oferece uma profunda sensação de satisfação na época da colheita – e muito aprendizado.

A maioria [email protected] [email protected] de cannabis em todo o mundo inicia seus projetos usando sementes, até porque para considerar os clones, o ideal é que você tenha iniciado com sementes (a não ser que, como mencionado, você consiga clones com [email protected] [email protected]).

Vantagens

  • É mais fácil conseguir sementes do que clones. Mesmo no Brasil, onde o cultivo é ilegal, é possível conseguir sementes online (afinal, por lei, o porte de sementes não é proibido) ou tentar a sorte com as ”prenseeds” (sementes que vêm misturadas no prensado).
  • As sementes permitem que @s [email protected] comecem com um novo lote de genética. Esses pequenos pacotes de DNA abrigam um código que não foi exposto a um ambiente de cultivo inadequado ou a pragas (como pode acontecer com os clones).
  • Se você está iniciando, é a melhor (se não a única) forma de aprender sobre o cultivo de maconha e se tornar um profissional.

Desvantagens

  • Embora seja possível comprar sementes automáticas, feminizadas, e com taxas de germinação altas, nem todas as sementes germinam. Infelizmente, não importa o que você faça, algumas não dão certo. Uma possível solução para esse problema é iniciar um cultivo com várias sementes, mesmo que você planeje cultivar só uma planta.
  • Cada semente da mesma planta apresentará um genótipo ligeiramente diferente – um código genético único. Sempre haverá variação genética, mesmo quando a semente vem da mesma planta. Isso significa que as sementes não produzirão uma réplica exata da strain que você escolheu. Se você plantar dez das mesmas sementes, notará alguma variação na altura, cor, sabor e rendimento. As plantas de cannabis também desenvolvem características específicas com base em seu ambiente externo, um fator que influencia seu fenótipo. Temperatura, umidade, luz, nutrientes e água podem afetar a expressão fenotípica. Desta forma, obter uma colheita uniforme é mais difícil do que com clones.
  • Por fim, as sementes demoram mais do que os clones para chegar à época da colheita. Além disso, pode levar entre alguns dias e uma semana para ver os primeiros sinais de vida emergirem do solo. Depois disso, adicione mais uma ou duas semanas para que sua planta se torne uma muda madura – uma desvantagem em relação aos clones para @s [email protected] Apesar disso, existem strains autoflorescentes (ou automáticas) que são rápidas e tem um tempo de colheita semelhante ao crescimento dos clones.

Qual escolher?

Tudo se resume às preferências pessoais e habilidade do produtor. Iniciantes terão muito mais facilidade – e verão melhores resultados – usando sementes. Até porque, como dito anteriormente, para quem está no primeiro cultivo, é mais fácil ter acesso a sementes do que aos clones.

Geralmente, os clones são mais indicados para growers com um pouco mais de experiência, pois eles precisam de cuidado dobrado. Mas nada te impede de experimentar um primeiro cultivo com mudas da planta mãe.

Tudo é aprendizado quando se trata de cultivar cannabis.

Se você quiser o passo a passo do cultivo com sementes e também o passo a passo de como extrair e plantar clones, confira o curso ”Cultivo Orgânico”, ministrado pela Dragonfly Earth Medicine (disponível no Ganja Talks University)!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.