Pensa em trabalhar no mercado da maconha? Conheça as carreiras com as melhores remunerações.

(Imagem: reprodução The Fresh Toast)

Existe um mercado canábico incipiente no Brasil, mas é um mercado que ”não toca na planta”, isto é, que trabalha indiretamente com a cannabis, já que a erva ainda é ilegal no país.

Assim, não há como negar que as melhores oportunidades para quem quer abraçar o mercado canábico estão nos lugares onde a erva já é legalizada. As carreiras que pagam melhor dentro da área canábica são aquelas que ”tocam na planta”, ou seja, posições de trabalho que lidam diretamente com a maconha.

Com a legalização avançando, a expectativa é que novas oportunidades surjam cada vez mais. Nos Estados Unidos, por exemplo, já existem mais pessoas trabalhando na indústria canábica do que [email protected] elétricos e [email protected]

A expectativa é que, até 2023, existam meio milhão de posições de trabalho no mercado da maconha.

Alguns cargos exigem mais conhecimento e especialização do que outros, mas existem oportunidades para todes: desde trimmers até diretores de empresas.

(Imagem: reprodução New York Times)

Empresas especializadas em recrutamento para a indústria da cannabis dividem as carreiras em seis categorias principais:

  1. Varejo (dispensários que vendem cannabis e produtos canábicos para fins medicinais e/ou recreativos)
  2. Cultivo
  3. Laboratórios/extrações
  4. Manufatura (produção)
  5. Vendas
  6. Delivery

Claro que os trabalhos mais bem pagos acabam sendo os cargos executivos considerados ”C-Level”: Chief Executive Officer (CEO), Chief Financial Officer (CFO), Chief Operating Officer (COO), e por aí vai.

E, como em todos mercados, os salários variam de acordo com a localização geográfica, experiência e outros fatores.

Mas, conheça a média de salário dos cargos com boa remuneração dentro da indústria canábica:

Varejo

  • Diretor de operações (coordena toda a operação de um dispensário ou de uma rede de dispensários): US$ 85.000 – US$ 127.000 por ano.
  • Gerente de dispensário (responsável, principalmente, por coordenar o time): US$ 55.000 – US$ 70.125 por ano.
  • Planejador de mercadorias (cuida dos produtos que serão vendidos e como eles ficarão dispostos no estabelecimento): US$ 54.000 – US$ 67.500 por ano.
  • Budtender (ajuda os clientes a escolher os produtos certos para a necessidade de cada um): US$ 14,50/hora – US$ 17,00/hora
(Imagem: reprodução Cannabis Now)

Cultivo

  • Diretor de cultivo (responsável por toda a operação de cultivo): US$ 90.000 – US$ 147.500 por ano.
  • Gerente de cultivo (responsável por acompanhar as etapas do cultivo): US$ 50.000 – US$ 75.000 por ano.
  • Grower (coloca a ”mão na massa”, cultiva e cuida do grow): US$ 16,00/hora – US$ 22,00/hora.
  • Trimmer (faz a ”manicure” dos buds, deixando-os pronto para serem vendidos): US$ 14,50/hora – US$ 16,00/hora.

Laboratório/Extrações

  • Diretor do laboratório (coordena todo o laboratório e processos de extração): US$ 72.500 – US$ 145.000 por ano.
  • Gerente/supervisor de extrações (supervisiona o time e o departamento): US$ 52.000 – US$ 80.000 por ano.
  • Gerente de qualidade (garante que os produtos atendam os padrões estabelecidos pela empresa e pela legislação): US$ 42.750 – US$ 77.500 por ano.
  • Quí[email protected]/analista de laboratório (prepara e opera os equipamentos e materiais para realizar as extrações): US$ 50.000 – US$ 85.000 por ano.
(Imagem: reprodução Lab Manager)

Manufatura

  • Vice Presidente (coordena toda a criação e desenvolvimento de produtos canábicos): US$ 145.000 – US$ 177.500 por ano.
  • Supervisor de produção: US$ 40.140 – US$ 62.200 por ano.
  • Especialista/chefe de edibles (cuida do desenvolvimento e produção de produtos comestíveis canábicos): US$ 35.750 – us$ 50.000 por ano.
  • [email protected] (faz o packaging dos produtos): US$ 14,50/hora – US$ 18,50/hora.
(Imagem: reprodução ABC)

Vendas

  • Vice Presidente de vendas: US$ 145.000 – US$ 175.000 por ano.
  • Diretor de vendas: US$ 100.000 – US$ 135.000 por ano.
  • Representante comercial: US$ 65.000 – US$ 100.000 por ano.
  • Executivo de contas (Account Executive): US$ 45.000 – US$ 65.000 por ano.
(Imagem: reprodução CNBC)

Delivery

  • Coordenador de logística: US$ 40.000 – US$ 51.450 por ano.
  • Atendimento ao cliente (customer service representative): US$ 34.140 – US$ 46.000 por ano.
  • [email protected]: US$ 15,00/hora – US$ 18,00/hora.

Qual área você gostaria de trabalhar?

Se quiser ficar por dentro do mercado canábico, confira o curso ”Como trabalhar no mercado da cannabis”, do Ganja Talks University.

Se inscreva na maior universidade canábica do Brasil e esteja preparado para as carreiras dessa indústria que só cresce!

Fontes: Fortune e Vangst

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.