Dermocosméticos com maconha são a nova aposta do mercado de cuidados com a pele.

Listamos 5 benefícios da cannabis para seu skincare.

(Imagem: reprodução Marie Claire)

A atuação dos canabinóides na pele

A pele é um órgão constantemente exposto a diversos fatores externos que podem afetar sua estrutura e função. 

O sistema endocanabinóide também está presente nas células da nossa pele. 

Diferentes receptores de canabinóides podem ser encontrados em muitos tipos de células da epiderme.

Assim, os fitocanabinoides podem interagir diretamente com eles.

Uma pesquisa da Polônia demonstrou vários efeitos positivos de extratos de maconha nas células da pele, incluindo atividade antioxidante, capacidade de hidratar, aumento da viabilidade das células da pele e inibição do processo de envelhecimento. 

(Imagem: Enecta Cannabis extracts | Unsplash)

Confira alguns benefícios que vão te convencer a adicionar a maconha também no skincare:

1. Anti-aging

O estresse oxidativo é um dos fatores desencadeadores do processo de envelhecimento, por desacelerar a capacidade de regeneração da pele.

As propriedades antioxidantes das plantas são extremamente importantes na proteção das células dos efeitos nocivos de vários fatores externos.

No caso da maconha, no estudo mencionado acima, foram testados extratos da erva em uma série de ensaios in vitro e em células. 

Os extratos continham 15% de CBDA, 3,1% de CBD e pequenas quantidades de outros canabinóides. 

Esses extratos também demonstraram ser não tóxicos para as células da camada superficial da pele (epiderme) e fibroblastos, às vezes chamados de células de suporte. 

Foram comprovados efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios dos extratos de maconha, sendo uma ótima aliada nos cuidados anti-aging

(Imagem: Fleur Kaan | Unsplash)

2. Hidratação da pele

Preparações com os extratos em modelo de hidrogel também foram utilizadas para analisar os efeitos na perda de água transepidérmica e hidratação da pele.

Os resultados mostraram os efeitos protetores dos extratos de maconha ricos em CBD, contra a perda de água transepidérmica, mantendo a pele mais hidratada.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para determinar os mecanismos detalhados de ação desses extratos, mas os resultados apresentados parecem promissores. 

(Imagem: Content Pixie | Unsplash)

3. Ajuda nos cuidados com problemas de pele

A maconha também pode ajudar a aliviar doenças da pele, como acne, psoríase, eczema e a acalmar a coceira. 

Devido às propriedades anti-inflamatórias dos canabinóides, muitas condições da pele podem se beneficiar do tratamento com a planta.

Porém, uma revisão sistemática de estudos científicos sobre a aplicação da maconha para essas condições de pele afirma que ainda são necessários mais estudos clínicos para confirmar os efeitos dos canabinóides no tratamento de doenças da epiderme.

(Imagem: reprodução Sunday Edit)

4. Óleo de cânhamo é regenerador

Por ser rico em ômegas 3 e 6, que são ácidos graxos essenciais, o óleo de cânhamo também possui ação anti-inflamatória, e os ômegas são ativos super-regeneradores, o que faz do óleo de cânhamo um ativo perfeito para a produção de lip balms e cremes. 

Apesar de ser um óleo, ele não é comedogênico e tem rápida absorção, o que é ótimo para peles oleosas. 

(Imagem: reprodução Medical News Today)

5. Equilíbrio da pele

Como mencionamos, todo mundo possui o sistema endocanabinóide presente nas membranas das células. 

Quando o canabidiol entra em contato com as células, ele ativa os receptores CB2. 

”A estimulação desse sistema leva a pele para um estado de homeostasia, ou seja, equilíbrio total do ambiente cutâneo”, explica o farmacêutico Maurizio Pupo para a Glamour.

(Imagem: Lumin | Unsplash)

No Brasil, já é possível encontrar alguns produtos de skincare com cannabis. Você já experimentou algum?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.