Em uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, pela American Marijuana, aponta que 15% dos trabalhadores remotos consomem maconha enquanto trabalham em home office.

O mais interessante são os demais dados sobre trabalhar sob efeito de cannabis:

  • 52,9% dessas pessoas confirmaram que a maconha ajuda na diminuição do estresse durante a rotina de trabalho
  • 51,1% afirmam que usar maconha durante o trabalho aumenta a criatividade
  • 42,6% defendem que aumenta a produtividade

Com tantos benefícios da união trabalho + maconha, por que não criar um coworking, onde o ”time home office” possa desfrutar da erva enquanto trabalha?

Foi o que o criador do We Toke Club pensou.

(Imagem: reprodução Healthline)

O We Toke Club é um coworking apenas para membros, localizado em Chicago (EUA).

O espaço possui locais para as pessoas trabalharem e permite que os membros consumam maconha dentro das dependências.

O We Toke Club conta com vários membros e, mesmo com dois andares, o espaço está sempre lotado. 

Além de receber pessoas que trabalham rotineiramente no espaço, o coworking também recebe grupos e empresas que reservam alguns espaços para realizar reuniões periódicas.

Como funciona

O We Toke Club não é aberto ao público, você precisa se tornar membro para desfrutar das dependências, e é necessário ser maior de 21 anos para se associar. 

Como todo coworking, o We Toke Club conta com Wifi gratuito para membros, espaços para trabalho, chá e café ilimitados. 

A maior (e mais importante) diferença em relação aos coworkings comuns é que, além de poder fumar seu baseado livremente dentro do lugar, eles servem comidas infundidas com maconha. 

O espaço conta com um pequeno bar e uma cozinha, que funciona servindo bebidas, comidas (ou laricas) para os membros. 

(Imagem: reprodução Business Insider)

Por enquanto, eles não são autorizados a vender a erva ou produtos com CBD, por exemplo, mas os membros podem levar sua própria maconha ou óleo de canabidiol e pedir para a cozinha adicionar nos pratos que você consumirá. 

Mas o fundador, Manny Mendoza, comentou em entrevista para a Business Insider, que eles estão desenvolvendo seus próprios óleos de maconha com parceiros licenciados. A ideia é usar os óleos com CBD e THC para fazer infusões nas comidas e bebidas servidas no espaço. Ele afirma querer criar uma experiência para os coworkers e o objetivo não é só ficar chapado. 

(Imagem: reprodução Business Insider)

O espaço perfeito para trabalhar e relaxar

O lugar ainda conta com um pátio externo onde as pessoas podem relaxar durante a rotina de trabalho, e – aos finais de semana – conta com alguns eventos. 

(Imagem: pátio externo do We Toke Club | reprodução Business Insider)

O coworking é o espaço perfeito para ser produtivo, fazer pausas para recarregar as energias, e ainda poder desfrutar da maconha no espaço de trabalho, sem restrições.

Manny Mendoza ainda comenta que o We Toke Club ”é mais do que apenas um espaço de coworking. Eu também quero que seja uma comunidade educacional sobre cannabis, com visão de futuro com intenção e propósito. Este será um centro, construindo comunidade e cultura”. 

Se você ficou se perguntando: ”mas como conseguir se concentrar com todas essas atrações em um espaço de trabalho?”, saiba que com um pouco de disciplina é possível unir o útil ao agradável. 

(Imagem: reprodução Campnova)

Todos os membros comparecem ao local para trabalhar, não é um bar ou um espaço de festa (apesar das dependências serem despojadas), então é possível se concentrar nas suas atividades, enquanto aproveita o ambiente.

Poder trabalhar em um local descontraído e ”weed friendly” é a motivação e recompensa para cumprir todas as obrigações do trabalho.

Fonte: Business Insider

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.