Já imaginou receber maconha na porta de casa? Em países onde a planta é legalizada, delivery de maconha já é realidade e existem grandes empresas atuando nesse mercado. A gigante da área dos transportes, Uber, pode ser a próxima a disponibilizar o serviço de entrega de cannabis.

Uber canábico

O CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, afirmou que a companhia pretende começar a fazer delivery de cannabis assim que a planta for legalizada federalmente nos Estados Unidos. 

Em entrevista, o empresário afirmou que ”quando o caminho estiver livre para a cannabis, quando as leis federais entrarem em ação, vamos certamente dar uma olhada nisso”. 

Apesar da cannabis permanecer ilegal à nível federal nos Estados Unidos, diversos Estados já legalizaram o uso medicinal e recreativo da planta.

Delivery de cannabis já é tendência

Nos Estados norte-americanos e países onde a maconha já é liberada, como Califórnia, Oregon e Canadá, o delivery de maconha já é realidade (quando previsto em lei) e, com a pandemia, empresas do setor tiveram um crescimento expressivo. 

Um estudo da ArcView Market Reserach e da BDS Analytics, empresas de consultoria especializadas no mercado canábico, aponta que ”a indústria da maconha está avançando em vendas e oportunidades de negócios, sem sinais de parar. O setor de entrega é particularmente aquele em que devemos ficar de olho, pois é o que mais promete crescimento e receita robusta. À medida que a legalização ”esquenta” pelos Estados Unidos, só podemos esperar que os serviços de entrega continuem ”melhorando e expandindo’ para atender a crescente demanda”. 

Realidade no Brasil

Apesar de o Brasil ainda não ter a maconha legalizada, aqui existem head shops e tabacarias que tiveram que se adaptar à realidade da pandemia e disponibilizar entregas em casa. 

Mas muitos negócios da área encontram limitações frente às proibições de aplicativos de entrega para esses tipos de produtos. Pensando nisso, o aplicativo Who is Happy está desenvolvendo uma funcionalidade de delivery para que os usuários possam receber seus apetrechos na porta de casa.

Nos próximos dias, o aplicativo também vai liberar novas funcionalidades voltadas para tabacarias, head shops e clínicas de cannabis no Brasil, a fim de fortalecer esse ecossistema e melhorar ainda mais a experiência canábica dos usuários.

Esperamos o dia que poderemos receber maconha na porta de casa legalmente. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.