O feriado mais chaposo e alucinante desde o carnaval brasileiro entrou em vigor à partir da meia noite deste 20 de abril de 2017. A data é comemorada mundialmente, mas nos Estados Unidos, tem um ar especial.

Muito se confabula sobre as origens do termo 4:20 e como ele se espalhou e se associou de maneira tão intensa com a cannabis. Histórias e versões aparecem tanto quanto a variedade de strains disponíveis no mercado, e a única certeza é de que ninguém sabe ao certo como se iniciou essa cultura.

Desde rumores conspiratórios até versões de que 4:20 seria um código policial para rastrear maconheiros nas antigas, as lendas são muitas e por vezes se tornam maiores do que o próprio 4:20 em si, mas é fato que esse ‘feriado’ não-oficial é uma das celebrações mais interessantes dos últimos tempos.

Diante da falta de certeza sobre a origem do termo canábico, uma reportagem do The Huffington Post realizou uma busca até o momento mais antigo de que se tem notícia sobre o surgimento do 4:20. E já faz algum tempo que o termo vem circulando pelas rodas canábicas mundo afora: de acordo com o jornal americano, na década de 70 um grupo de estudantes conhecidos como The Waldos cunhou a expressão pela primeira vez, para se referirem aos encontros nos quais o baseado era presença constante.

Hoje em dia, o feriado é uma celebração festiva mas também um ato de ativismo em prol da legalização e conscientização da população em relação à erva. As cidades de Santa Cruz, na Califórnia, e Boulder, no Colorado são os locais com maior concentração de canabistas, que às 4:20 da tarde acendem seus respectivos baseados em conjunto.

O Ganja Talks estará fazendo a cobertura do evento pelo instagram, diretamente de Denver, no Colorado, acompanhando de perto a movimentação nos principais pontos canábicos da cidade, e para não perder nada é só seguir o @ganja_talks e @who_is_happy para ver o que vai rolar por lá!

Fontes: http://www.huffpostbrasil.com/entry/420-history-the-story-beh_n_851136

Imagens: westword.com/; nbcnews.com/; coloradopotguide.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.