O governo alemão acaba de criar uma agência estatal para cultivo e fornecimento de cannabis para pacientes de diversas condições. A primeira colheita é esperada para 2019, segundo o presidente do Instituto Alemão para Medicamentos e Produtos Sanitários, Karl Broich. O acesso à cannabis, ainda que restrito, será intermediado e patrocinado pelo próprio estado.

O ministro da saúde alemão, Hermann Gröhe disse que “aqueles que estão bastante doentes precisam do melhor tratamento possível disponível, e isso inclui fundos de seguros de saúde pagando pela cannabis como medicamento para os que sofrem de doenças crônicas e outras enfermidades que não possuem outro tratamento mais eficiente”.

Depois de anos de debate entorno do assunto, os legisladores e políticos alemães aprovaram em janeiro deste ano a lei que regulamenta e autoriza a cannabis para fins medicinais. O uso recreativo, porém, continua ilegal. Atualmente, já existe um programa de acesso à cannabis medicinal, porém, somente em casos extremos e condições raras. Uma porta-voz do ministério da saúde afirmou que a cannabis “será usada como último recurso” e que pesquisas serão conduzidas caso a caso para analisar os efeitos e o impacto da planta no tratamento dos enfermos.

É esperado que a agência recém-criada forneça licenças em escala europeia para o cultivo da cannabis no país. Hoje em dia, ela é importada de países como a Holanda e Canadá e a demanda vem crescendo com o passar dos anos, em 2014, o país importou 48kg de maconha para fins medicinais, em 2015, foram 94kg, fato que pesou para a regulamentação da erva no país.

Fontes: http://www.metropoles.com/mundo/governo-da-alemanha-vai-patrocinar-o-cultivo-de-maconha

https://www.cartacapital.com.br/sociedade/alemanha-cria-estatal-para-o-cultivo-de-maconha

https://www.theguardian.com/society/2017/jan/19/german-mps-vote-to-legalise-cannabis-for-medicinal-purposes

http://edition.cnn.com/2016/12/29/health/global-marijuana-cannabis-laws/

Imagens: herb.co/; darkwebnews.com/; dw.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.