O território de Porto Rico, pertencente aos Estados Unidos, acaba de abrir dois dispensários de cannabis para fornecer produtos a pacientes medicinais da planta. Dentre os produtos autorizados estão óleos, pastas, cremes e comestíveis. A medida acontece dois anos após a administração do governador Alejandro Garcia Padilla autorizar a produção, manufatura e venda de cannabis medicinal. No arquipélago caribenho, estima-se que existam dois mil pacientes registrados e aptos ao acesso à medicação.

De maneira única e até surpreendente, os pacientes não tem acesso às plantas em sua forma natural para fumar, mas sim, produtos derivados e feitos à base de cannabis, mas o governador já deu indícios de que pretende ir além e é possível que o território americano legalize a erva de forma mais ampla nos próximos anos

Mas, ainda que a iniciativa seja um importante avanço para a sociedade porto-riquena, fumar recreativamente e o auto-cultivo ainda seguem proibidos pela lei local. Mais recentemente, o governador de Porto Rico já declarou também uma suavização das leis no território. Padilla também afirmou que seu governo dará importância reduzida a casos envolvendo maconha recreativamente.

O governador é abertamente favorável a uma mudança na legislação porto-riquenha, alegando que a legalização, ou ao menos a descriminalização, seria uma boa saída para diminuir a criminalidade e a hipocrisia no território americano. Em novembro do ano passado, o governador foi reeleito e pretende aumentar o programa de cannabis medicinal gerido pelo departamento de saúde porto-riquenho.

Fontes: http://www.thecannabist.co/2017/01/02/puerto-rico-medical-marijuana-dispensaries/70419/

http://www.thecannabist.co/2016/03/02/puerto-rico-marijuana-governor-urges-legalizing/49444/

Imagens: The Cannabist; Maryjuana Business Daily; 420 Magazine

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.